Revista OrtodontiaSPO 2015 | V48N2 | Páginas: 179-84

Utilização da imagem da ressonância magnética no diagnóstico das alterações da ATM

Use of magnetic resonance imaging in the diagnosis of changes in TMJ

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Marlos Loiola1
Wendel Shibasaki2
André Costa3
Flavio Cotrim-Ferreira4

1Mestre em Ortodontia – Unicid; Coordenador dos Cursos de Especialização em Ortodontia – Instituto Lumier/Famosp e do Funorte/Iappem-BA; Especialista em Ortodontia – Cebeo/BA; Membro da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica (SBPQO).
2Mestre em Ortodontia – Unicid; Professor do Curso de Especialização em Ortodontia – Instituto Lumier/Famosp-BA; Especialista em Ortodontia – Cebeo/BA; Membro da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica (SBPQO).
3Professor associado do Depto. de Ortodontia – Universidade Cidade de São Paulo (Unicid); Pesquisador/colaborador – Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Campinas (Unicamp).
4Mestre em Ortodontia e doutor em Diagnóstico Bucal – Faculdade de Odontologia da USP; Professor associado dos Cursos de Especialização e Mestrado em Ortodontia – Instituto Vellini; Editor científico – Revista OrtodontiaSPO.

Resumo:

A disfunção temporomandibular (DTM) é uma condição comum, que afeta até 28% da população. A articulação temporomandibular (ATM) é uma articulação complexa, composta por uma série de estruturas teciduais ósseas e moles, e cada uma das quais podem estar implicada em funções fisiológicas específicas e em síndromes associadas a patologias clínicas. O conhecimento da aparência da imagem normal da ATM, a sua aparição no exame radiológico e técnicas intervencionistas são úteis para fornecer uma contribuição diagnóstica eficiente. Anormalidades da ATM não podem ser avaliadas de forma confiável apenas por exame clínico, mas com o uso da RM podemos descrever alterações articulares que não eram vistas em qualquer outro método de imagem, indicando ser este o melhor método diagnóstico. Este artigo teve o objetivo de evidenciar a importância do uso da RM para diagnóstico das alterações da ATM, exemplificando diversas condições descritas com seu auxílio.

Unitermos:

ATM; DTM; Ressonância magnética; Diagnóstico.

Abstract:

Temporomandibular disorders (TMD) is a common condition that affects up to 28% of the population. Temporomandibular joint (TMJ) is a complex articulation which consists of bones and soft tissue structures, each of which may be implicated in specific physiological functions and in clinical syndromes associated pathologies. Knowledge of the appearance of the normal image of TMJ, its appearance in the radiological examination, and interventional techniques are useful to provide efficient diagnostic contribution. TMJ abnormalities can not be evaluated only reliably by clinical examination, but with the use of MRI we can describe articular changes that were not seen in any other imaging method, indicating that this is the best diagnostic method for this task. This article aims to highlight the importance of MRI for diagnosis of impaired TMJ exemplifying various conditions described in the rescue.

Keywords:

TMJ; TMD; Magnetic resonance; Diagnosis.